quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

Se....



Se um dia eu pudesse acordar e ver tudo azul...
Se um dia eu puder deitar e tudo ainda for azul...

Se um dia eu pudesse sorrir com a magnitude de uma criança...
Se um dia eu puder chorar com o desprendimento de uma criança...

Se um dia eu pudesse cair como um neném...
Se um dia eu puder me levantar como a mesma rapidez de um neném...

Se um dia eu pudesse ver todas as ofertas do mundo...
Se um dia eu puder saber direito qual oferta aceitar...

Se um dia eu pudesse ver as coisas pelo lado mais fácil...
Se um dia eu puder aprender que o melhor é sempre o mais difícil...

Se um dia eu pudesse aceitar o passado...
Será o dia que poderei compreender o presente, e resenhar o futuro...

Um comentário:

Ana disse...

"Se um dia eu pudesse ver
Meu passado inteiro
E fizesse parar de chover
Nos primeiros erros
Meu corpo viraria sol
Minha mente viraria sol
Mas só chove e chove
Chove e chove..."

Lendo o que vc escreveu me veio alguns "se" na cabeça... entre eles este aqui...
Mas... lembrando, é claro, que a chuva dura o tempo necessário para refrescar... o céu, o ar, as águas, as mentes e os corpos... depois vai embora deixando o delicioso rastro da renovação!
bjs