terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Aos 25...


Aos 25, confesso que sou da fase do Fofão, dos Trapalhões e da Xuxa...
Aos 25, colecionei o álbum dos ursinhos carinhosos e da seleção de vôlei...
Aos 25, fui de tempo do conga, das blusas ciganas e do nauru...
Aos 25, cheguei a ir a Circus, às festas juninas do Tijuca, da Praça Vanhargem...

Aos 25, tenho lembranças da Disney, de Cabo Frio, de Búzios...
Aos 25, guardo com carinho as fotos, as cartinhas, as brincadeiras que me parecem banais...
Aos 25, junto às amigas do clube, as do colégio e da faculdade...
Aos 25, sinto-me mais madura...

Aos 25, pela primeira vez, tenho uma Débora diferente...
Aos 25, enxergo a Ruth e a Raquel que coexistem em meu eu...
Aos 25, guardo o saudosismo no bolso e sigo livre em meus sonhos...
Aos 25, há muitas histórias para contar, há muito que agradecer...

Aos 25, as festas já não são mais as mesmas...
Aos 25, a graça ainda é da mesma forma...
Aos 25, cultivo o mesmo grupo de amigos...
Aos 25, a força cresce em mim em progressão geométrica...

Aos 25, não tenho mais medo de me descobrir...

Descobrir que aos 25 nada muda, apenas continua, na progressão aritmética do tempo, e nas sucessões da vida...

Um comentário:

CresceNet disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my site, it is about the CresceNet, I hope you enjoy. The address is http://www.provedorcrescenet.com . A hug.