segunda-feira, 8 de março de 2010

Um batom vermelho às mulheres


Um batom vermelho às mulheres




No dia Internacional da Mulher, meu discurso paira acerca de um batom vermelho. Mas o que tem um batom vermelho a ver com isso? Simples, bem simples. Coloque você, mulher, um batom vermelho e saia na rua. Esteja preparada a receber todos os olhares, de várias idades, cores e credos. E o porquê dos olhares? Mais uma vez, a resposta é óbvia, um batom vermelho é um símbolo da vitória das mulheres, claramente. Um batom vermelho chama atenção, atrai, impõe presença, atribui afirmação, e, acima de tudo, coragem. Coragem para atrair curiosos, para receber comentários preconceituosos. Coragem de passar, além da boca marcada, a personalidade de uma mulher forte, que não é meretriz, tampouco desclassificada. O batom vermelho, experimentem, nos dá uma pisada mais forte, um olhar mais firme, a voz mais grave, alia charme e simplicidade.



Desde que coloquei o tal do batom vermelho, não paro de pensar em como o mundo está adaptado ao óbvio, em como o comum é o aceitável, mas aceitável por quem? Que sociedade é essa que encara um batom vermelho como uma ofensa, como um assédio? Que mulher é esta que aceita ser vista com descrédito por um simples batom vermelho, daqueles que saem na beira de um copo, de uma comida ou na boca de alguém? Mas onde estariam estes homens, estes machos-alfa, capazes de sair com uma mulher confiante ao lado, uma mulher que transcendeu os limites do tempo e do espaço e hoje se embeleza com um batom vermelho? Esta mulher que, metaforicamente usa um batom vermelho, mas poderia ser um cabelo grisalho ou uma roupa dourada, esta mulher, sim, merece os parabéns no dia de hoje, não somente pelas conquistas que sua classe fez ao longo dos anos, mas para continuar corajosa diante de uma sociedade hipócrita e desigual. Toda mulher tem o direito de exibir sensualidade e se impor, seja no balanço do cabelo, no brilho dos lábios, na intensidade do olhar ou em cima de um salto. Espero que, a cada dia, veja mais mulheres corajosas nas ruas, nos escritórios, nas boates, nas praias, nos governos de empresas e países, mas também como mães, esposas, amigas, aliando uma multiplicidade de conceitos que as fazem tão únicas.



Feliz Dia Internacional da Mulher!

2 comentários:

Caroline disse...

Pois é... deixo aqui meus parabéns a você, que faz parte do meu time!

De mulheres corajosas, que vão a luta e não abaixam a cabeça por conta de conceitos pré concebidos!

Espero que continuemos juntas, nessa jornada que ainda requer muito da nossa coragem!

Parabéns pra nós!

Beijos,

Lissa disse...

Parabéns a nós q vemos além de um batom vermelho porém!!!

Beijos